Menu fechado

EDITAL PARA CANDIDATURA ÀS COORDENAÇÕES DAS REPRESENTAÇÕES MUNICIPAIS DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+

2ª ETAPA

 

Clique aqui para acessar o formulário e fazer sua inscrição: https://goo.gl/vTpKLF

 

REABERTAS AS INSCRIÇÕES para as Coordenações das Representações da Aliança Nacional LGBTI+, para atuação nos Municípios brasileiros em prol da nossa missão: “Contribuir para a promoção e defesa dos direitos humanos e cidadania da população LGBTI+”.

 

PRAZO para recebimento da primeira etapa de inscrições, até 30 de novembro de 2018.

 

INTRODUÇÃO

 

Venha você também fazer parte da Aliança Nacional LGBTI+!

 

Parafraseando Harvey Milk, eu vim aqui recrutar você para promover e defender a causa LGBTI+…

 

Precisamos de você e seu conhecimento para integrar a Aliança Nacional LGBTI+!

 

Sobre a Aliança Nacional LGBTI+ – A Aliança Nacional LGBTI+ é uma organização da sociedade civil, pluripartidária, sem fins lucrativos, com representações nas 27 Unidades da Federação. Trabalha com a promoção e defesa dos direitos humanos e cidadania da comunidade LGBTI+, nos estados e municípios brasileiros através de parcerias com pessoas físicas e jurídicas. Dialoga e constrói ações comuns com pessoas pesquisadoras, ativistas, dirigentes partidárias, gestoras públicas, redes, organizações governamentais, comunicadores, empresários e outras pessoas comprometidas com a promoção dos direitos e da cidadania LGBTI+. Mais informações disponíveis em: www.aliancalgbti.org.br

 

Precisamos fortalecer este trabalho nos municípios, não importa o tamanho populacional. O que importa é a vontade de trabalhar pelo bem da comunidade LGBTI+;

 

Gostaríamos de convidar você para fazer parte da Aliança Nacional LGBTI+, compondo coletivamente uma Coordenação de Representação Municipal da Aliança Nacional LGBTI+ na sua cidade.

 

Coordenações Municipais já existentes: Na 1ª Etapa das candidaturas, realizada entre julho e agosto de 2018, foram nomeadas Coordenações em 131 municípios. Veja no final deste Edital a relação completa. É muito importante fortalecer estas Coordenações e também ter Coordenações em outros municípios.

 

INSCRIÇÃO E SELEÇÃO

 

Inscrição

 

As inscrições de candidatos/as para compor a Coordenação da Representação da Aliança Nacional LGBTI+ na sua cidade, somente podem ser feitas através de formulário próprio.

 

Clique aqui para acessar o formulário e fazer sua inscrição: https://goo.gl/vTpKLF 

 

Caso esteja tendo dificuldades, tente no link por extenso: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScxrK-VuEmazk4rhB4LpHGW8tIF-6FA8WRT1MErjSKHm1atLw/viewform

 

Importante: para poder preencher o formulário, você precisará fazer o login no Google. Ou seja, você precisa ter uma conta de email no gmail (www.gmail.com). O formulário pede para você digitar seu email e fazer o login.

 

Para preencher o formulário você precisará de:

 

– ter 18 anos ou mais de idade

 

– estar afiliada/o à Aliança Nacional LGBTI+

https://goo.gl/Ukk28A

 

– estar de acordo com o estatuto da Aliança Nacional LGBTI+

http://www.grupodignidade.org.br/alianca-nacional-lgbti-objetivos/

 

– estar de acordo com o Termo de Responsabilidade da Coordenação de Representação Municipal da Aliança Nacional LGBTI+

https://goo.gl/R2k5Ts

 

– fornecer sua biografia de no máximo 10 linhas, se apresentando e informando seu histórico de atuação em prol da causa LGBTI+. Pode incluir informações sobre sua formação e atuação profissional. Enfim, um texto breve que forneça uma visão geral de quem você é!

 

– fornecer uma foto sua que represente bem você

 

– estar de acordo e cumprir os Critérios e Requisitos mais abaixo

  

Seleção

 

Haverá um processo de consulta com a Coordenação Estadual da Aliança Nacional LGBTI+ e entre as próprias pessoas que se candidataram à Coordenação Municipal, a fim de compor um grupo coeso disposto a trabalhar em conjunto. Procurar-se-á sempre ter uma composição que contemple, na medida do possível, as letras da sigla LGBTI+. Ou seja, representação de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres trans, homens trans, pessoas intersexo, outras pessoas da diversidade sexual e pessoas aliadas à causa LGBTI+.

 

Uma vez definida a composição, a Coordenação Municipal será nomeada em documento emitido pela presidência da Aliança Nacional LGBTI+.

 

ATUAÇÃO

 

Exemplos de atuação das Coordenações Municipais de Representação da Aliança Nacional LGBTI+ incluem atuação junto ao Executivo Municipal, articulando as questões LGBTI+ e participando de instâncias de participação e controle social, como conselhos, comissões, fóruns e assim por diante. Também podem atuar junto ao Legislativo Municipal, articulando a apresentação de projetos de lei de relevância para a população LGBTI+. As Coordenações também podem organizar e promover eventos sobre a temática LGBTI+, participar das campanhas e ações das Coordenações Estaduais e da própria direção nacional da Aliança Nacional LGBTI+, formar parcerias com outros movimentos e organizações, entre diversas outras atividades.

 

Critérios e Requisitos para integrar a Coordenação da Representação Municipal

 

1) Ter 18 anos de idade ou mais

2) Ser afiliado/a (pessoa física) da Aliança Nacional LGBTI+ (o link para afiliação está no final deste documento).

3) Apresentar biografia resumida (breve, de até 10 linhas), juntamente com uma foto, incluindo um resumo do que já fez em prol da construção a cidadania LGBTI+)

4) Concordar com o Termo de Responsabilidade, conforme explicitado no art. 30, item III, do Estatuto da Aliança (vejo o link para o Estatuto no final deste documento).

5 Não ter postura machista, capacitista, patriarcal, racista, LGBTIfóbica, xenofóbica, entre outras.

6) Ser uma pessoa proativa na defesa intransigente dos direitos humanos e da cidadania LGBTI+.

7) Formar uma equipe mínima para atuação dentro do município, para participação de reuniões, debates, eventos e demais atividades relevantes.

8) Apresentar um breve Plano e Trabalho (conforme previsto no Estatuto da Aliança) delineando o que pretende fazer como Coordenação Municipal em prol da construção da cidadania LGBTI+. Para tanto, a direção nacional da Aliança Nacional LGBTI+ fornecerá orientações e sugestões de atuação para as Coordenações Municipais após a sua nomeação.

9) Ter diálogo constante com a diretoria, com a coordenação estadual e com as outras coordenações temáticas e específicas, consultando e mantendo a diretoria e a coordenação estadual informando sobre a atuação no município em questão.

10) Trabalhar em conjunto com a Coordenação de Representação Estadual da Aliança Nacional LGBTI+.

11) Colaborar com as atividades da direção nacional da Aliança Nacional LGBTI+.

12) Curtir a participar das campanhas da Aliança Nacional LGBTI+.

13) Ter a capacidade de trabalhar em grupo / coletividades, inclusive com integrantes de vários partidos políticos.

14) Ter capacidade de lidar com todos os setores da sociedade (movimentos sociais, empresas e governos, independente de partidos políticos).

15) Ter capacidade de mobilização (ex. participar de audiências, fazer eventos, protocolar ofícios da Aliança, denunciar fatos LGBTIfóbicos etc.).

16) Ter capacidade de mobilização e de afiliação de pessoas físicas à Aliança, e conseguir formar parcerias com as instituições públicas e privadas.

17) Ter habilidade de consulta prévia para assinaturas de moções, ofícios, representações oficiais.

18) Participar dos fóruns de comunicação da Aliança, grupos das mídias sociais.

19) Ter capacidade de comunicação em todos os meios e mídias.

20) Ter o comprometimento para colocar todas as agendas e atividades assumidas e realizadas em nome da Aliança no Calendário LGBTI+ Brasil: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScZT9NEasyruQaNCwBuhMCVqfmAf137H8OgufX_mcD7iwoLnQ/viewform?c=0&w=1

21) Em município que houver muitos/as candidatos/as à  coordenação municipal, em conjunto com a Coordenação Estadual a diretoria avaliará a biografia/currículo dos/das mesmos/as, observando os critérios e requisitos acima aprovados em consulta pública.

22) Agir de acordo com o estatuto quando estiver representando a Aliança Nacional LGBTI+.

23) Seguir o estatuto da Aliança no que diz respeito a ser pluripartidária e laica (art. 2º e §1º); promover parcerias com todos os setores visando ao envolvimento mais abrangente e inovadora possível para a promoção da cidadania LGBTI+ (art. 4º, §1º e §2º).  

24) Todas as ações serão pró bono (gratuitas, sem remuneração).

25) Em qualquer caso de não observância das disposições estatutárias e regulamentárias, editais e documentos oficiais da Aliança Nacional LGBTI+, a nomeação será revogada pela diretoria.

26) A nomeação será realizada por Resolução, divulgada nas mídias sociais da Aliança.

27) Os casos omissos serão analisados pela diretoria e acrescentados a esta lista de Critérios e Requisitos de Coordenação de Representação da Aliança Nacional LGBTI+.

 

Coordenações Municipais já existentes (131):

 

Acre                          Rio Branco

Alagoas                    Inhapi

Alagoas                    Maceió

Alagoas                    Paripueira

Alagoas                    Penedo

Amapá                      Santana

Bahia                        Cruz das Almas

Bahia                        Ilhéus

Bahia                        Madre de Deus

Bahia                        Paulo Afonso

Bahia                        Salvador

Bahia                        Santo Antônio de Jesus

Bahia                        Simões Filho

Ceará                        Fortaleza

Ceará                        Guaiuba

Ceará                        Icó

Ceará                        Maracanaú

Distrito Federal          Brasília

Espírito Santo           Anchieta

Espírito Santo           Aracruz

Espírito Santo           Cachoeiro de Itapemirim

Espírito Santo           Guarapari

Espírito Santo           Ssão Gabriel da Palha

Espírito Santo           Serra

Espírito Santo           Vila Velha

Goiás                        Goiânia

Maranhão                  Bacabal

Mato Grosso             Cuiabá

Mato Grosso do Sul  Campo Grande

Mato Grosso do Sul  Chapadão do sul

Mato Grosso do Sul  Dourados

Minas Gerais             Belo Horizonte

Minas Gerais             Inconfidentes

Minas Gerais             Ipatinga

Minas Gerais             Itajubá

Minas Gerais             Juiz de Fora

Minas Gerais             Montes Claros

Minas Gerais             Pará de Minas

Minas Gerais             Uberaba

Minas Gerais             Vespasiano

Pará                          Ananindeua

Pará                          Belém

Pará                          Santarém

Pará                          Tucuruí

Paraíba                     Cajazeiras

Paraíba                     Campina Grande

Paraíba                     Catole do Rocha

Paraíba                     João Pessoa

Paraíba                     Remígio

Paraná                      Campo Largo

Paraná                      Cascavel PR

Paraná                      Curitiba

Paraná                      Foz do Iguaçu

Paraná                      Irati

Paraná                      Jacarezinho

Paraná                      Paranaguá

Paraná                      Pato Branco

Paraná                      Ponta Grossa

Pernambuco              Abreu e Lima

Pernambuco              Arcoverde

Pernambuco              Carpina

Pernambuco              Caruaru

Pernambuco              Fernando de Noronha

Pernambuco              Garanhuns

Pernambuco              Ilha de Itamaracá

Pernambuco              Jaboatão dos Guararapes

Pernambuco              Petrolina

Pernambuco              Recife

Piauí                         Parnaíba

Rio de Janeiro           Arraial do Cabo-RJ

Rio de Janeiro           Barra Mansa

Rio de Janeiro           Belford Roxo

Rio de Janeiro           Cabo Frio

Rio de Janeiro           Campos dos Goytacazes

Rio de Janeiro           Duque de Caxias

Rio de Janeiro           Itaboraí

Rio de Janeiro           Itatiaia

Rio de Janeiro           Maricá

Rio de Janeiro           Mesquito

Rio de Janeiro           Niterói

Rio de Janeiro           Nova Iguaçu

Rio de Janeiro           Quatis

Rio de Janeiro           Queimados

Rio de Janeiro           Rio das Ostras

Rio de Janeiro           Rio de Janeiro

Rio de Janeiro           São Gonçalo

Rio de Janeiro           São João de Meriti

Rio de Janeiro           São Pedro da Aldeia

Rio de Janeiro           Volta Redonda

Rio Grande do Norte  Natal

Rio Grande do Sul     Canoas

Rio Grande do Sul     Gravataí

Rio Grande do Sul     Novo Hamburgo

Rio Grande do Sul     Pelotas

Rio Grande do Sul     Porto Alegre

Rio Grande do Sul     Santa Maria

Rio Grande do Sul     Tramandaí

Rio Grande do Sul     Três de Maio

Rôndonia                  Porto Velho

Rôndonia                  Vilhena

Roraima                    Boa Vista

Santa Catarina           Balneário Camboriú

Santa Catarina           Criciúma

Santa Catarina           Florianópolis

São Paulo                 Bertioga

São Paulo                 Campinas

São Paulo                 Catanduva

São Paulo                 Catigua

São Paulo                 Ferraz de Vasconcelos

São Paulo                 Franca

São Paulo                 Guarulhos

São Paulo                 Itanhaém

São Paulo                 Itu

São Paulo                 Jundiaí

São Paulo                 Mairiporã

São Paulo                 Mogi das Cruzes

São Paulo                 Mogi Guaçu

São Paulo                 Peruibe

São Paulo                 Ribeirão Preto

São Paulo                 Salto

São Paulo                 Santos

São Paulo                 São Carlos

São Paulo                 São José dos Campos

São Paulo                 São Paulo

São Paulo                 Sorocaba

São Paulo                 Suzano

Sergipe                     Aracaju

Sergipe                     Itabi

Sergipe                     Nossa Senhora do Socorro

Tocantins                  Palmas

Tocantins                  Paraíso do Tocantins

 

 

 

15 de outubro de 2018

 

 

Toni Reis

Diretor Presidente da Aliança Nacional LGBTI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *