Menu fechado

NOTA DE SOLIDARIEDADE AO JORNALISTA MARCELO COSME

NOTA OFICIAL DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+

O mundo segue enfrentando uma pandemia sem precedentes, com graves consequências nas mais variadas instâncias da vida. São milhares de vidas ceifadas todos os dias, milhões de empregos perdidos, mas ainda assim alguns decidiram escolher o caminho da propagação do ódio.

Desta vez, os ataques foram direcionados ao jornalista Marcelo Cosme, apresentador do canal de notícias GloboNews.

O apresentador do programa “Em Pauta” do canal a cabo, recebeu número grandioso de ofensas e ameaças através de suas redes sociais, ameaças estas não apenas LGBTIfobicas, mas também racistas:

“Babaca. Você tem boca de * de * e cara de idiota… Sai da tela ou vai morrer”
“Homossexual. Saia da TV. Seu macaco feio”
“Você tem cara de árabe terrorista… negro de mierda (sic).”

O cenário de aparente impunidade propagado no cenário político atual tem sido o catalizador de tais atitudes absurdas, porém se faz importante salientar que não vivemos em um país sem leis, uma terra sem regras, uma nação sem pessoas prontas a acionarem os instrumentos de defesa que se façam necessários para combaterem tais absurdos.

Muitos trataram o caso apenas como “mimimi”, porém a exposição do fato, a realização da denúncia é essencial para que esta situação não caia no limbo do esquecimento, na retórica das estatísticas, fazendo com que os órgãos competentes se movimentem a fim de apurar os fatos e dar o necessário encaminhamento para que os responsáveis não saiam impunes.

É mister diante de tais fatos relembrar que logramos êxito na mais alta corte de justiça do país, o Supremo Tribunal Federal – STF, que através da ADO (Ação direta de Inconstitucionalidade por omissão) 26 e MI (Mandado de injunção) 4733, tornou crimes enquadrados na lei de racismo as atitudes LGBTIfóbicas.

Neste ínterim, antes de tudo, a Aliança Nacional LGBTI+ manifesta sua solidariedade ao Jornalista Marcelo Cosme, desejando a ele toda força necessária para enfrentar este momento triste e preocupante, além de se colocar à inteira disposição para prestar todo o suporte que se faça necessário.

Ato contínuo, solicitamos a todas as autoridades competentes que tomem as devidas providências para que todos os responsáveis sejam identificados e devidamente punidos com o rigor da lei.

A integridade do ser humano, a garantia da cidadania, o direito à liberdade e à preservação do Estado democrático de direito são bens inegociáveis!

4 de novembro de 2020

Toni Reis
Diretor Presidente da Aliança Nacional LGBTI+

Pr. Gregory Rodrigues Roque de Souza
Coordenador Titular da Aliança Nacional LGBTI+ em MG
Coordenador Nacional de Notas e Moções da Aliança Nacional LGBTI+

Robson Lourenço da Silva
Coordenação Adjunta de Comunicação da Aliança Nacional LGBTI+
Coordenação Adjunta da Aliança Nacional LGBTI+ em Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *