Menu fechado

Hackers invadem Seminário sobre Assistência Social, Políticas Públicas e Cidadania LGBTI do Rio

Hoje desde às 9h da manhã a Aliança Nacional LGBTI+ e o Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBTI realizavam virtualmente o Encontro Temático “Assistência Social, Políticas Públicas e Cidadania LGBTI+ no Estado do Rio de Janeiro” que faz parte do Projeto Observatório de Políticas Públicas para a População LGBTI+ no Estado do Rio de Janeiro, com a presença de mais de 180 pessoas técnicos e gestores da área de Assistência Social, que contou com a participação da subsecretária de estado de Assistência Social do RJ(Dianne Arrais), da secretária municipal de assistência da Cidade do Rio(Laura Carneiro), do secretário de assistência social de Niterói(Vilde Dorian), da coordenadora da Frente Parlamentar pela Assistência Social da ALERJ (Nelma Azeredo) e outras autoridades dos governos estadual, municipal e federal, diretores do CRESS-RJ, servidores, especialistas, estudiosos do tema e representantes da sociedade civil de 21 estados e Distrito Federal quando na segunda etapa do evento iniciada às 14h30 foi invadido por hackers que passaram a desabilitar o microfone dos palestrantes, assumir a identidade de perfil de participantes e enviar mensagens LGBTIfóbicas com o intuito de impedir a realização do evento.

A Aliança Nacional LGBTI+ e o Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBTI farão nesta sexta (12/02) registro de ocorrência para a apuração da autoria do ataque ao evento que não estava sendo transmitido ao vivo e sim em plataforma de reuniões virtuais, através de link encaminhado apenas às pessoas inscritas.

Cláudio Nascimento, diretor de Políticas Públicas da Aliança Nacional LGBTI e coordenador executivo do Grupo Arco-Íris, um dos organizadores do evento, afirmou que está chocado com a ação. “Querem calar nossas vozes. Grupos de apologia ao ódio e ao fascismo, que tomaram as redes digitais, vêm utilizando de métodos criminosos, a partir da utilização de hackeres, com o objetivo de impedir que o Movimento LGBTI+ se expresse, busque seus direitos e avance nas políticas públicas para a inclusão social de pessoas LGBTI em situação de pobreza e outras vulnerabilidades sociais. (…) Não nos calarão. Fascistas não passarão”.

Ao longo da manhã o evento discutiu diretrizes para políticas públicas de assistência social para a população LGBTI+ no estado do Rio de Janeiro e a tarde iria avançar no diálogo entre a gestão pública, sociedade civil, pesquisadores e outras pessoas interessadas no tema para a implementação de políticas públicas e indicação de instrumentos técnicos visando o aprimoramento das políticas existentes, bem como o fomento de novas políticas de promoção da cidadania LGBTI+ no campo da assistência social.

O Encontro Temático “Assistência Social, Políticas Públicas e Cidadania LGBTI+ no RJ” será retomado no dia 23 de fevereiro e contará exclusivamente com a presença de pessoas inscritas buscando um maior rigor na segurança digital.

Informações: (21) 98351-8759 – Cláudio Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *