Menu fechado

NOTA OFICIAL DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+ NOTA DE ESCLARECIMENTO

No passado dia 23 de junho do corrente ano, a Aliança Nacional LGBTI+ mediante denúncia realizada pelo Sr. Júnior Capanema, um militante da cidade de Itaúna, em Minas Gerais, emitiu nota de repúdio e pedido de retratação a uma vereadora da citada cidade. O militante que realizou a denúncia junto a Aliança Nacional LGBTI+ apresentou um print de uma publicação em uma rede social da vereadora onde pode ser constatado um comentário com suas edições, e, ao que consta, a referida publicação já teria sido suprimida da rede social em questão. A Aliança Nacional LGBTI+ pelo seu histórico de combate a toda forma de LGBTIfobia, bem como acreditando na importância do diálogo, expediu a referida nota repudiando o comentário da postagem e solicitando esclarecimentos. A vereadora Otacília de Cássia Barbosa Parreiras, citada na referida nota, remeteu a esta entidade ofício de esclarecimentos para o fato denunciado, denúncia esta, diga-se de passagem, de ampla gravidade pois tratava-se de uma possível associação da comunidade LGBTI+ com a prática doentia e criminosa da pedofilia. Ao remeter-nos os referidos esclarecimentos, a vereadora apresentou para nós fatos até então desconhecidos, que demonstram que tal denúncia que recebemos faz parte de uma sequência de fatos que retratam um conflito pessoal e com viés político entre as partes, com diversos fundamentos além do tema de LGBTI, fatores que definitivamente não contemplam a real missão e função social para qual a Aliança Nacional LGBTI+ está direcionada. Diante dos fundamentos acima descritos, o Coordenador da Área Jurídica da Aliança reuniu-se com o denunciante na noite do último sábado, dia 04/07/2020, às 18 horas, quando foi proposta um início de procedimento de mediação, que envolveria conversas com ambas as partes, a fim de que fosse garantido o respeito à dignidade das pessoas LGBTI+. O denunciante acatou e foi acertada a seguinte agenda de conversas da Área Jurídica, Coordenação Estadual e Coordenação Municipal da Aliança com as partes: às 11h da segunda feira 06/07/2020 uma reunião de tratativas de conciliação com a vereadora citada para que nós pudéssemos também esclarecer quaisquer dúvidas e demais fatos sobre o caso; nova reunião com o denunciante, no dia 07/07/2020, 19h, para deliberarmos em conjunto sobre as propostas; e nova conversa no dia 08/08/2020 com a vereadora para fecharmos uma posição final.

Veja a nota na íntegra.

Publicada em 8 de julho de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *