Menu fechado

NOTA OFICIAL DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+ DE SOLIDARIEDADE AO SOLDADO PAULISTA LEANDRO PRIOR

A perseguição seletiva orquestrada contra aqueles que de alguma forma não agradam aos setores conservadores da extrema direita brasileira é deveras preocupante. O alvo da vez fora o Soldado Paulista Leandro Prior.

https://ponte.org/bancada-da-bala-ataca-pm-que-desejou-boa-sorte-a-coronavirus-com-bolsonaro/

Após uma publicação feita pelo militar em seu perfil da rede social Twitter, em que supostamente faria referência ao fato de o atual presidente da república testar positivo para o novo coronavírus, os ataques iniciaram imediatamente, orquestrado por deputados apoiadores do atual governo e também de oficiais da polícia militar paulista.

A referida publicação ocorreu antes mesmo de haver o anúncio oficial da testagem positiva do exame do presidente da república, e é importante salientar que em momento algum cita o nome ou faz menção direta ao atual chefe do poder executivo brasileiro.

Vivemos nos tempos presentes uma literal “caça às bruxas” contra aqueles que se atrevem de alguma forma incomodar a base governista, que se vale de sua influência para de todas e das mais variadas formas silenciar e desmoralizar os que sejam considerados opositores. Tais atitudes beiram aos exemplos vividos no período ditatorial, os horrendos anos de chumbo nos quais o país caminhou sob a batuta dos militares.

Cada ser humano é livre para se expressar como assim desejar, desde que saiba que toda a atitude tem uma consequência, mas de forma alguma, em nenhum instante uma ilação pode ser propulsora de uma tentativa gritante de assassinato de reputação como esta sofrida pelo Soldado Prior, não há justificativa para ser trazida à baila da discussão quanto ao teor da publicação sua orientação sexual.

Utilizar-se da orientação sexual de alguém como forma de desmoralização, como algo depreciativo é inaceitável. Fazer uso da estrutura de um governo ou de alguma instituição pública, promovendo vazamentos seletivos de informações para a mídia, incentivando ataques à honra, à moral e ao profissionalismo de quem quer que seja baseado em suas palavras ou maneiras de expressar, beiram ao sadismo.

Existem formas legais e coerentes a serem utilizadas para se apurarem condutas, e são estes os caminhos corretos a serem defendidos, e não a perseguição inveterada, não a quebra de padrões e protocolos outrora utilizados, jamais o ataque à vida pessoal e à honra.

Neste ínterim, a Aliança Nacional LGBTI+ manifesta sua solidariedade ao Soldado Leandro Prior, diante deste cenário absurdo vivido por ele, colocando-se à disposição para prestar o suporte que se faça necessário, desejando forças para superar o quanto antes tal momento, e que assim a verdade seja estabelecida.

A LGBTIfobia não pode ser tolerada!

14 de Julho 2020

Toni Reis
Diretor-Presidente da Aliança Nacional LGBTI+

Pr. Gregory Rodrigues Roque de Souza
Coordenador Estadual da Aliança Nacional LGBTI+ em MG
Coordenador Nacional de Notas e Moções da Aliança Nacional LGBTI+

#

Sobre a Aliança Nacional LGBTI+ – A Aliança Nacional LGBTI+ é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, com representação em todas as 27 Unidades da Federação e representações em mais de 150 municípios brasileiros. Possui 47 áreas temáticas e específicas de discussão e atuação. Tem com missão a promoção e defesa dos direitos humanos e da cidadania da comunidade brasileira de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais (LGBTI+) através de parcerias com pessoas físicas e jurídicas. A Aliança é colaboradora do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. É pluripartidária e atualmente tem mais de 1000 pessoas físicas afiliadas. Destas, 47% são afiliadas a partidos políticos, com representação de 27 dos 33 partidos atualmente existentes no Brasil. http://aliancalgbti.org.br/ Conheça a Central de Denúncias LGBTI+ https://bit.ly/2vRiXyr

Nota publicada em 14/07/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *