Menu fechado

NOTA OFICIAL DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+DE CONGRATULAÇÕES À JORNALISTA E APRESENTADORA LUCIANA LEICHT

Vivemos tempos em que as manifestações mais duras da LGBTIfobia tornaram-se corriqueiras, vistas sob a luz do dia, sem qualquer sombra de vergonha ou arrependimento por parte daqueles que assim a expressam, e em grande maioria justificadas com teorias religiosas ou com falas ditas como liberdade de expressão.

O fato é que para muitos a luz da esperança se apagou, mas alguns fatos seguem destoando desta triste forma de pensar, e merecem em suma serem trazidos à nossa memória para renovar em nós esta esperança, dentre estes um merece destaque.

A jornalista Luciana Leicht, apresentadora do Cidade Alerta Minas, exibido pela Record TV, mostrou-se grandemente revoltada com uma matéria exibida pelo referido programa, reportagem esta que tratava sobre um caso de LGBTIfobia praticado por um bar da cidade de Uberlândia, que alegando ser ligado aos valores cristãos não aceitava que pessoas LGBTI frequentassem o estabelecimento.

O desabafo de Luciana provocou grande repercussão nas mídias sociais, levantando a grande discussão que sempre se fez necessária: a influência do fundamentalismo religioso na aceitação da sexualidade humana considerada diversa na sociedade, enfatizando que Deus teria vergonha de atitudes como as promovidas pelo bar.

“Deus prega que temos que amar o próximo, independentemente do que ele tenha feito, porque só nos resta amar nessa vida. Que raio de valor cristão é esse que você tá usando? Não coloque religião nisso não, porque se você quer ser preconceituoso, assuma, tenha peito e pague pelo preço. Deus deve tá te olhando de lá de cima e morrendo de vergonha do seu preconceito”

Atitudes como as da jornalista seguem destoando dos absurdos vistos nos tempos atuais, demonstrando que é preciso manter a coragem para enfrentar a intolerância, é necessário fazer uso da razão para lidar com tais fatos sem perder a humanidade existente em nossas almas, é necessário compreender que defender o direito “de ser de cada ser” está muito mais além de questões religiosas.

Se passearmos mesmo que rapidamente pelos valores pregados por aqueles que se declaram Cristãos, encontraremos citações claras e óbvias abordando a tolerância, amor ao próximo, domínio próprio, respeito, etc., porém não é o que encontramos nas atitudes dos que se dizem pregadores do amor, o que de fato encontramos são sepulcros caiados: belos por fora, podres por dentro.

Sendo assim, seguindo este ínterim, a Aliança Nacional LGBTI+ vem a público parabenizar a jornalista e apresentadora Luciana Leicht pela coragem de se posicionar de maneira tão clara e concisa, pautada na defesa dos direitos humanos, defender as liberdades individuais, os direitos humanos, o estado democrático de direito, sim é ser um espelho dos valores Cristãos.

17 de agosto de 2020

Toni Reis
Diretor Presidente da Aliança Nacional LGBTI+

Pr. Gregory Rodrigues Roque de Souza
Coordenador Estadual da Aliança Nacional LGBTI+ em MG
Coordenador Nacional de Notas e Moções da Aliança Nacional LGBTI+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *