Menu fechado

NOTA OFICIAL DA ALIANÇA NACIONAL LGBTI+ DE REPÚDIO E PEDIDO DE TOMADA DE PROVIDÊNCIAS CONTRA A PREFEITURA MUNICPAL DE SERRA-ES

Recebemos estarrecidos a notícia de que a Prefeitura Municipal da cidade de Serra-ES excluiu todas as publicações de suas redes sociais institucionais que faziam referência à comemoração do dia 28 de junho, o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+.

A publicação, feita às 08 horas, do dia 28 de junho, mostrava a solidariedade institucional para com a luta da diversidade sexual e de gênero, fato que nos dias de hoje torna-se louvável e necessário para que o enfrentamento à LGBTIfobia seja fortalecido.

O fato de deletarem as referidas publicações vem ao encontro do apagamento de tantos modos de ser e amar nessa cidade. Os questionamentos que se fazem claros e necessários neste momento tão complexo para nossa democracia e para as garantias dos direitos e das liberdades individuais são: O que esperar de uma prefeitura que não sustenta seus posicionamentos públicos? Que retrocede em seu apoio institucional por apelos de conservadores escusos? O que pode esperar a comunidade LGBTI+ da prefeitura da maior cidade capixaba que envergonha seus munícipes que pertencem a esta comunidade com uma atitude leviana e eivada de covardia?

É importante salientar que a prefeitura fora devidamente informada e notificada do ocorrido, recebendo a devida solicitação para procederem com a republicação das referidas postagens, porém não manifestou-se até o momento.

Os fantasmas do conservadorismo radical seguem buscando a oportunidade de tomar um espaço que não lhes cabem, tentando transformar nossa sociedade em um reduto de ideais pautadas por uma única ideologia apenas, alienando mentes e tentando lograr êxito em exercer influência de maneira escusa nas mais variadas instâncias dos poderes da nação.

Há em nossa sociedade a grave e urgente necessidade da compreensão de que os órgãos que compõe os poderes de nossa nação não estão a serviço deste ou daquele seguimento social, mas estão e devem estar sempre ao exímio serviço de todos e todas, abarcando as necessidades constantes nos princípios da pluralidade, da igualdade de direitos, afinal se governa para todos. Todos nós pagamos impostos para manter os governos em funcionamento. Os governos têm a obrigação constitucional de tratar todos os cidadãos e todas as cidadãs com igualdade perante a lei. Não estamos pagando impostos para sermos desrespeitados por quem recebe nosso dinheiro para cumprir sua função de servidor público. Não aceitamos pagar por sermos discriminados/as. Se querem discriminar, que renunciem ao cargo e que vão trabalhar em outro lugar e se sustentar com o dinheiro próprio, e não com o dinheiro público.

Seguindo este raciocínio, a Aliança Nacional LGBTI+ manifesta seu mais profundo repúdio a esta atitude que flagrantemente figura como mais um caso de LGBTIFOBIA INSTITUCIONAL. Exigimos resposta da Prefeitura frente ao ocorrido e a devida retratação pública para uma das comunidades que mais sofrem com atitudes como estas neste estado e neste país.

Não se pode aceitar que atos institucionais causem a invisibilização de um ou outro segmento da sociedade, fato este que aparenta ser o que a prefeitura quer nos impor.
LGBTIFOBIA É CRIME e crime inafiançável.

Nenhum retrocesso será tolerado!

2 de julho de 2020

Toni Reis
Diretor-Presidente da Aliança Nacional LGBTI+

Pr. Gregory Rodrigues Roque de Souza
Coordenador Estadual da Aliança Nacional LGBTI+ em MG
Coordenador Nacional de Notas e Moções da Aliança Nacional LGBTI+

Layza Lima
Fórum LGBTI+ da Serra/ES
Coordenadora Titular da Aliança Nacional LGBTI+ ES
Coordenação de Mulheres Trans da Aliança Nacional LGBTI +
Assessora de Mobilização, Integrarão e Interação da Aliança Nacional LGBTI

Antônio Martins Victor Junior
Centro Cultural Eliziário Rangel

Maria Marta Tomé- Espaço Ecorternura
Vila das Artes

Crislayne Zeferina
Fórum Estadual de Juventude Negra do ES

Andressa Moreno
Associação Diversidade tem Voz

Abner Fontinni
Movimento Popular de Juventude em Disparada (MPJ)

Patricia Borges
Fraternidade Periférica Unida.

#

Sobre a Aliança Nacional LGBTI+ – A Aliança Nacional LGBTI+ é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, com representação em todas as 27 Unidades da Federação e representações em mais de 150 municípios brasileiros. Possui 47 áreas temáticas e específicas de discussão e atuação. Tem com missão a promoção e defesa dos direitos humanos e da cidadania da comunidade brasileira de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais (LGBTI+) através de parcerias com pessoas físicas e jurídicas. A Aliança é colaboradora do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. É pluripartidária e atualmente tem mais de 1000 pessoas físicas afiliadas. Destas, 47% são afiliadas a partidos políticos, com representação de 27 dos 33 partidos atualmente existentes no Brasil. http://aliancalgbti.org.br/ Conheça a Central de Denúncias LGBTI+ https://bit.ly/2vRiXyr

Nota publicada em 02/07/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *